Durante muitos anos, o planejamento de escritórios de advocacia se resumia aos conhecimentos específicos adquiridos na graduação e nas especializações. Porém nos dias de hoje, com o aumento da competitividade no âmbito jurídico, para construir um escritório e crescer com esse empreendimento, é primordial a associação de matérias e métodos que o analisem como uma empresa.  

Pensando nisso, neste artigo, te ajudaremos a entender com profundidade o tema para que você consiga começar a implementar as práticas e guie o seu escritório para um crescimento contínuo.

Então, se você tem interesse nestes tópicos, recomendamos que você fique até o final deste artigo.

Por que investir tempo no planejamento do seu escritório?

O planejamento dos escritórios de advocacia é fundamental para indicar as falhas, as dificuldades e os resultados e lucros. Por meio dessa estrutura, fica mais fácil ter um panorama real da sua gestão jurídica, ao analisar a produtividade do escritório e os métodos que permitam o seu crescimento.  

Além disso, ao investir tempo no planejamento de um escritório você facilita a organização de tarefas mais complexas e a busca por suas soluções de forma mais célere. Nesse sentido, nos tópicos a seguir abordaremos os elementos essenciais para a construção do planejamento do seu escritório. 

Alinhamento da cultura e da visão

Para o funcionamento de um escritório de advocacia, é necessário que as equipes responsáveis possuam um ideal de crescimento em comum. De modo a construir uma “cultura e visão” que possibilite a formação de uma estrutura organizacional capaz de traçar um planejamento estratégico eficiente, que garanta a produtividade e a satisfação dos clientes.

Então, alinhar cultura e visão é, acima de tudo, criar uma perspectiva no seu escritório que seja capaz de unir as mais diversas áreas do escritório como forma de garantir o direcionamento do escritório em direção aos seus objetivos. 

Entenda quais são os seus principais desafios e objetivos 

Com a definição dos seus princípios objetivos, é possível alcançá-los de forma mais eficiente. Dessa maneira, há uma possibilidade aberta para a análise de suas metas, considerando o seu crescimento gradativo e os desafios que são enfrentados ao longo desse processo. E isso reduz significativamente os erros que podem ser cometidos e possíveis desânimos nessa jornada. 

Analise seu escritório, além da área jurídica 

À primeira vista, ao pensarmos no exercício da prática jurídica, associamos diretamente ao conhecimento teórico e prático dessa atividade. Porém, na prática, os escritórios de advocacia são empresas. Dessa forma, seu funcionamento exige integração com outras áreas do conhecimento que viabilizem a estrutura desse negócio.

Considerando então, o escritório de advocacia como uma empresa, é imprescindível a análise de fatores como controle financeiro, gestão de atividades, e marketing jurídico.

Melhore a experiência do seu cliente

Para garantir o crescimento de um escritório de advocacia é preciso melhorar a qualidade da experiência do seu cliente. Em outras palavras, é imprescindível ofertar aos clientes um serviço jurídico que atenda suas necessidades e expectativas. Todavia, essa tarefa não é fácil, então por onde começar?

O mais recomendado é que primeiramente se defina parâmetros de qualidade para mensurar a experiência dos clientes. E a partir dessas respostas, aplique-se ferramentas que forneçam ao cliente um resultado mais ágil e menos custoso.

Se você quiser saber sobre possíveis ferramentas que melhorem a experiência do seu cliente, confira o artigo “Software para advogados: você realmente precisa de um?”.

Aumente a eficiência do cumprimento de prazos 

A rotina de um advogado é repleta de compromissos, seja no atendimento de clientes, no exercício de gestão administrativa, ou na própria prática jurídica. Por isso, é essencial hoje a busca por ferramentas que permitam o cumprimento de prazos com eficiência, como forma de evitar sobrecarga no trabalho.

Sabendo disso, recomendamos a leitura do artigo “Controle de processos e controle de prazos: dicas e ferramentas” que te apresentará algumas ferramentas e empresas, como Heflo, Hubspot, Trello, que vão te auxiliar a  mapear o controle de processos e prazos com maior eficiência. 

Como criar um planejamento de advocacia? 

Na prática, para conseguir criar um planejamento de escritórios de advocacia, é necessário criar um modelo de gestão jurídica que una conhecimento teórico e realidade. Nesse sentido, a construção de um planejamento estratégico deve ser feita com o máximo de atenção e conhecimento sobre a sua empresa.

Pensando nisso, conversamos mais a fundo nos tópicos a seguir sobre questões que vão te auxiliar na construção do seu planejamento do seu escritório de advocacia. 

Defina a essência do seu escritório (missão, visão e valores)

A advocacia é uma área do direito muito ampla. Assim, é muito comum que os profissionais dessa área atuem na docência, em investimentos e outras áreas. Por isso, quando falamos sobre escritórios de advocacia e parcerias jurídicas, é preciso termos consciência dessa multiplicidade de visões, de objetivos e de prioridades. Com isso, posteriormente, construir- se-á, por meio do diálogo, uma visão comum do escritório.

Isso significa, estruturar sobre as questões centrais, metas e metodologias definidas, alinhando a missão final de suas ações, com a visão e os valores do seu negócio. Desse modo, é possível evitar desentendimentos que impeçam ou dificultem o seu crescimento profissional. 

Defina o perfil de cliente ideal 

Assim como acontece nas empresas tradicionais, o exercício da advocacia também exige definir o perfil de cliente ideal. Essa atribuição é primordial para o seu negócio, principalmente se considerarmos que esse estudo vai te auxiliar diretamente na prospecção de clientes e na escolha de estratégias e de ferramentas de resolução de suas demandas. 

Defina qual o posicionamento do seu escritório e como sua marca se comunica 

Pela leitura do tópico acima, já dá para perceber a importância de se definir o perfil do cliente ideal para alcançar êxito na advocacia. Contudo, apenas isso não é suficiente.  

Ao considerar o cenário atual no qual existe uma necessidade de se destacar em um mercado tão saturado, um escritório de advocacia também deve possuir um planejamento pré-estabelecido de como se comunicar com seus clientes, de modo a correlacionar o seu modelo de negócio, com a melhor forma possível de transmissão de seus ideais.

Em um exemplo prático: para o advogado online, nada mais natural que a adoção de uma comunicação por meio das mídias digitais, que demonstre aos seus clientes a sua inserção nessas ferramentas de inovação. 

Defina as principais áreas de atuação e quais serviços jurídicos oferece aos clientes 

A maior parte dos escritórios de advocacia de sucesso, ao fixar os clientes ideais, adotam a estratégia de se especializar nas principais áreas de necessidade de seus clientes.

A questão é que a definição das principais áreas de atuação e de serviços jurídicos, oferece na maioria dos casos, uma maior celeridade e qualidade no produto final ofertado, além de permitir uma maior eficiência na divisão de tarefas aos membros de um escritório. 

Entenda qual é o principal valor que você entrega aos seus clientes

Frequentemente, os clientes buscam por escritórios de advocacia e advogados que oferecem diferenciais na hora da contratação. Pensando nisso, é necessário estar um passo à frente de seus concorrentes. Isso pode ser feito por meio da busca por ferramentas que ofereçam aumento da agilidade na execução de serviços jurídicos e reduzam os custos, ou por meios que ofereçam um serviço individual e especializado para os clientes. 

Defina como você pretende atrair clientes potenciais 

Com as transformações digitais, a advocacia ganha novas formas de atrair clientes. Atualmente, as práticas de marketing digital, por meio das redes sociais, são cada vez mais frequentes, assim como a advocacia online sobre demanda, a realização de parcerias jurídicas e a contratação de freelancers jurídicos.

Por isso, diante de tamanha variedade, é fundamental definir uma organização para os meios que são mais propícios para a prospecção dos seus clientes ideais. 

Entenda quem são os concorrentes e quais são os seus pontos fortes e fracos 

A advocacia é uma atividade extremamente competitiva. Assim, cada vez mais, exige-se dos advogados os conhecimentos de gestão, marketing e inovação jurídica. Com base nisso, hoje em dia, é essencial para os advogados que desejam se destacar de sua concorrência conhecerem seus pontos fortes e fracos. Isso porque, somente a partir de uma mentalidade empreendedora na advocacia, é possível melhorar a qualidade do seu serviço prestados e atingir ainda mais clientes. 

Defina os principais objetivos que alcançar no seu negócio 

Já deu para perceber que o exercício da advocacia exige a multiplicidade de habilidades para a entrega de um serviço jurídico de qualidade. Tendo isso em vista, é necessária a organização na hora de delegar tarefas e estipular suas prioridades, seja em equipe ou individualmente. Mas, fique atento, a forma mais prática de gerenciar o seu negócio com organização é por meio da definição dos objetivos pretendidos em pequeno, médio e longo prazo.

Defina as métricas que deverão ser analisadas e como essas métricas serão coletadas 

Para que os resultados sejam alcançados, é essencial a aplicação de uma metodologia que possibilite uma análise dos lucros e das despesas para alcançar um objetivo final.

Se você tem interesse em aprofundar sobre como utilizar as métricas na atividade advocatícia, confira o artigo “Métricas para escritórios de advocacia: por que e como definir?”.

Crie procedimentos para as tarefas do dia a dia 

A maioria dos advogados realiza a mesma tarefa para diversos casos. Assim, não há dúvidas que criar um procedimento para as tarefas rotineiras é uma boa opção para aqueles que desejam aumentar a sua produtividade, sem perder a qualidade do serviço jurídico oferecido.

Devido a isso, inclusive, recomendamos o uso de ferramentas digitais para organizar tarefas, editar textos, controlar processos, e armazenar documentos. Quer saber mais sobre essas ferramentas? No artigo “4 ferramentas digitais gratuitas para advogados inovadores”, explicamos um pouco mais sobre esses recursos. 

O que fazer depois que o planejamento do seu escritório de advocacia foi criado ? 

Diante da sociedade atual, a concorrência é cada vez maior, por isso a importância do planejamento de escritórios de advocacia. Afinal, com ele, poderemos focar nos seus objetivos e métodos mais eficazes para alcançá-los. Mas, somente isso não basta: é preciso analisar ferramentas internas e externas que influenciam diretamente na aplicabilidade e rentabilidade do planejamento do seu escritório.

Reveja o planejamento com regularidade 

Para um escritório alcançar seus objetivos, pode-se perceber a necessidade de uma boa organização. Contudo, a longo prazo apenas esse planejamento de escritórios de advocacia inicial não é sinônimo de sucesso. É preciso rever essas questões regularmente, adequando as necessidades do mercado jurídico e principalmente às suas demandas atuais. Em outras palavras, é preciso entender ainda mais sobre a gestão do seu escritório de advocacia.. 

Celebre pequenas conquistas 

A advocacia é um ofício que exige uma luta diária por parte dos advogados. Por isso, até mesmo os pequenos acertos e progressos também devem ser motivos para celebração. Além disso, a construção desses pequenos ciclos de conquista é responsável por estimular a produtividade a longo prazo da equipe. 

Tenha agilidade na resolução de problemas 

As tarefas realizadas pelos advogados são por vezes extensas e urgentes. Nesse contexto, para evitar sobrecargas, e preocupações desnecessárias é necessário ter agilidade na resolução de problemas. 

Observe que o acúmulo de tarefas e a falta de tempo para a realização de problemas pode ser um forte indício que as estratégias utilizadas não estão sendo efetivas.

Uma possível solução para esse problema é a gestão e delegação de tarefas na advocacia, por meio, por exemplo, da contratação de advogados online, para a elaboração de tarefas específicas, ou até mesmo para o gerenciamento de uma equipe online. 

Reflita: o seu escritório está priorizando as tarefas mais importantes? 

De fato, em um escritório de advocacia existem tarefas de diversas naturezas a serem realizadas. Por isso, é primordial priorizar as tarefas mais importantes, para evitar sobrecargas, perdas de prazos processuais e gastos desnecessários.

Tendo em vista a importância dessa questão, a Freelaw é uma excelente opção para os advogados que buscam formas de priorizar as tarefas mais importantes, seja através da criação de um modelo remoto personalizado às suas necessidades ou por meio de gerenciamentos de advogados online para demandas específicas.

Então, caso você tenha se interessado, elencamos em um mapa de conteúdos tudo  o que você precisa saber para cumprir prazos com mais eficiência. Acesse-o, clicando aqui!