O que são OKRs, como beneficiam a advocacia e como aplicar?
O que são OKRs para advogados e escritórios de advocacia? Como implementar gestão ágil na advocacia? - Post no blog da Freelaw O que são OKRs para advogados e escritórios de advocacia? Como implementar gestão ágil na advocacia? - Post no blog da Freelaw

O que são OKRs e quais as vantagens de utilizar essa metodologia em seu escritório de advocacia.

6 minutos para ler
Grupo de pessoas ocupadas trabalhando. Post O que são OKRs e qual a sua importância para escritórios de advocacia.

OKR (Objectives and Key Results – objetivos e resultados chave) é uma sigla cada vez mais presente no mundo do empreendedorismo e dos negócios — mas o que são OKRs? Se você já entende que para uma boa gestão de seu escritório de advocacia é fundamental tratá-lo como uma empresa, está na hora de aprender um pouco mais sobre esse termo e a importância para sua advocacia.

Esse termo consiste em uma técnica de definição de metas e objetivos empregada por muitas empresas em todo o mundo, inclusive o próprio Google, para acompanhar de perto o próprio desenvolvimento e crescimento com foco em objetivos específicos. alcançando sucesso.

Administrar um escritório de advocacia envolve mais do que acompanhamento e distribuição de processos e realização de audiências. Atualmente, um bom escritório precisa de um bom planejamento estratégico para funcionar a longo prazo. Precisa de metas alcançáveis e realistas, bem como de engajamento e foco por parte de toda a equipe. No entanto, a correria do dia-a-dia e a rotina cheia do advogado faz com que os objetivos e metas do escritório sejam deixados de lado. 

Agora, imagine implantar uma metodologia em seu escritório de advocacia que permita acompanhar de perto os resultados, com melhores dados e menos tempo gasto. É isso que você tem a ganhar adotando as OKRs, e explicaremos melhor como. Continue conosco. 

O que são OKRs?

OKR (Objectives and Key Results – Objetivos e Resultados Chaves), é uma metodologia utilizada mundialmente por pequenas e grandes empresas para definição de objetivos e metas periódicas. Tem uma abordagem simples para criar alinhamento e engajamento em torno de metas mensuráveis.

Os objetivos são as descrições qualificativas memoráveis do que se deseja conquistar. Esses objetivos devem motivar e desafiar toda a equipe.

Os resultados chaves são um conjunto de métricas que medem o seu progresso em direção ao objetivo.

Esses OKRs devem ser transparentes, ou seja, todos do escritório devem estar cientes de quais são as metas que buscam alcançar. Assim toda equipe poderá colaborar e se engajar para conquistá-las.                                                    

Quais as vantagens dos OKRs para o escritório de advocacia? 

Seu escritório de advocacia é, antes de mais nada, uma empresa. Entender esse conceito é essencial para entender como crescer no mercado. Partindo disso, a metodologia OKR possui diversos benefícios, tais como:

  • Maior visualização das ações a serem tomadas para alcançar os objetivos;
  • o planejamento não é tão complexo: é feito de forma a facilitar e otimizar o tempo de execução;
  • é possível adequar ações em função de mudanças possam ocorrer no decorrer da execução das tarefas;
  • são adaptados à realidade do seu escritório;
  • não necessita de documentos e planejamentos trabalhosos e exorbitantes, tudo é bem simples e de fácil compreensão
  • envolve toda a equipe, promovendo uma cultura de união e pertencimento; 
  • se feito da forma correta, aumenta a motivação e produtividade da equipe na busca dos objetivos definidos, bem como a qualidade do trabalho prestado.
  • possibilita identificar os resultados em cada setor do escritório com mais clareza.

Como aplicar os OKRs em seu escritório de advocacia.

Primeiramente, faça um exercício de autoconhecimento do escritório com seus sócios. Sugerimos começar pelos seguintes questionamentos:

  1. Qual o motivo da existência do escritório? 
  2. Como você ajuda ao seu cliente? 
  3. O que te fez ingressar nessa carreira?  
  4. Quais são os valores do escritório? 
  5. Onde vocês estão hoje, profissionalmente, e onde querem chegar? 
  6. Como o escritório lida com problemas? 
  7. O que precisa ser feito para alcançar os objetivos almejados?

Essa autoanálise permitirá que os membros do escritório cheguem a um denominador comum em relação ao trabalho e possam visualizar melhor quais metas estabelecer, quais são menos urgentes, e quais não fazem sentido para o escritório naquele determinado momento. 

Leve sempre em consideração que metas extensas e complexas podem fazer com que a equipe se esgote mais rápido, o que gera desmotivação e queda na produtividade. Metas menores, mais diretas, incentivam a equipe porque parecem mais “próximas”, aumentando a qualidade do trabalho feito.

Com isso em mente, se quiser utilizar o método de OKRs em seu escritório, comece pelos seguintes passos:

1. Estabeleça objetivos e seus respectivos resultados-chave para o primeiro ano e para o primeiro trimestre

Priorize objetivos curtos, inspiradores e envolventes. Os resultados-chave serão utilizados para mensurar o alcance do objetivo. O ideal é utilizar entre 2 a 5 resultados-chave (Key Results) para cada objetivo, porque assim toda a equipe será capaz de memorizá-los. 

2. Defina as atividades necessárias para alcançar esses objetivos e resultados

Se o objetivo do escritório for, por exemplo, fechar 3 novos contratos no próximo trimestre, estude quais atividades e ações são necessárias por parte da equipe para que essa conquista seja possível.

3. Realize reuniões estratégicas de acompanhamento periodicamente

Realize reuniões estratégicas ao menos uma vez por trimestre para definir os OKRs do semestre seguinte. Recomendamos, também, reuniões uma vez por mês para que a equipe analise as métricas em conjunto, para averiguar se estão próximos ou não de atingirem as metas, e, caso não consigam atingi-las, o que pode ser feito para melhorar.

Essas reuniões de acompanhamento não precisam ser extensas, podem ser feitas de forma mais direta e objetiva, ou como fizer mais sentido para seu escritório. Normalmente, elas não duram mais do que 30 minutos.

4. Descomplique o processo

Não se esqueça de que a metodologia prática deve ser descomplicada. Uma linguagem simples, objetivos práticos e metas bem desenhadas permitem uma realização mais eficaz e clara, bem como facilita o envolvimento da equipe. 

5. Não se esqueça das métricas

Um erro comum cometido por advogados e empreendedores é focar demasiadamente nas metas e se esquecer das métricas. Métricas são essenciais para a advocacia, funcionando como um termômetro que permite acompanhar o êxito (ou fracasso) de um objetivo. 

Aqui, lembre-se de que OKRs e atividades são diferentes, então atente-se a isso na hora de analisar as métricas. 

Agora que você já sabe o que são OKRs, a importância delas na advocacia e como usá-las, é hora de aplicar seus conhecimentos na prática. Não deixe de documentar e realizar testes para identificar a melhor aplicabilidade dessa técnica para seu escritório de advocacia.

Gostou do conteúdo? Então assine nossa newsletter, compartilhamos novos conteúdos ricos sobre o meio jurídico semanalmente através dela, assim você economiza tempo e continua consumindo informação de qualidade.

Posts relacionados

Deixe um comentário