Marketing digital para advogados é o conjunto de atividades realizadas no ambiente online para promover um escritório, reforçar a identidade da marca e conquistar clientes.

Sites profissionais, perfis nas redes sociais e anúncios no Google: cada vez mais notamos a presença dos escritórios de advocacia na internet. Mas, o marketing para advogados ainda é feito, em sua maioria, de modo muito amador, sem utilizar técnicas eficazes para favorecer o crescimento das empresas. 

Se planejada de forma estratégica, a divulgação nos canais digitais é uma excelente alternativa de publicidade para aumentar o reconhecimento dos escritórios jurídicos, atraindo novos clientes interessados nos seus serviços. 

Em um mercado tão competitivo, executar o marketing digital da sua empresa com qualidade, gerando conteúdos atrativos que fortaleçam sua presença online, pode ser o diferencial que o seu negócio precisa para se destacar ante à concorrência. 

No artigo de hoje, vamos te mostrar como a publicidade online pode ser aplicada no dia a dia do seu escritório de advocacia para captar novos clientes e alcançar melhores resultados. Aprenda: 

O que é marketing digital para advogados?

Em linhas gerais, o marketing digital pode ser definido como um conjunto de atividades realizadas no ambiente online para promover uma empresa em busca de reforçar a identidade da marca e reter potenciais clientes.  

A aproximação com um público maior de pessoas é, sem dúvidas, a principal vantagem gerada por essa forma de publicidade, deixando a comunicação entre negócios e consumidores mais instantânea e personalizada. 

Impactos esses desenvolvidos graças às ferramentas digitais e às novas técnicas, como o legal growth hacking ou o inbound marketing, usadas nesse tipo de divulgação para oferecer soluções aos desafios enfrentados por seus clientes. 

Diferença entre o marketing tradicional e o marketing digital

Ao comparar o marketing tradicional ao digital, é preciso destacar que não existe o melhor estilo. Cada modelo possui suas próprias técnicas, limitações e vantagens, cabendo aos advogados avaliarem o formato mais adequado ao seu escritório. 

Por marketing tradicional, podemos classificar as formas antigas de anúncios realizadas nas TVs, rádios ou em panfletos impressos distribuídos nas ruas. Entre seus benefícios estão: 

  • Visibilidade;
  • Maior alcance de público;
  • Tangibilidade (as pessoas tendem a confiar mais);
  • Durabilidade.

Enquanto isso, o marketing digital é aquele feito nos canais virtuais para divulgar produtos e serviços no ambiente online, seja em sites, blogs ou nas redes sociais. Suas vantagens são as seguintes: 

  • Maior segmentação do público;
  • Alcance instantâneo;
  • Mensurável;
  • Ajustável;
  • Poder de viralização. 

Você também pode optar por combinar esses dois estilos nas ações de publicidade do planejamento estratégico do seu escritório, reforçando a presença da sua marca em diferentes meios. Esse tipo de marketing é conhecido por “360 graus”. 

Marketing digital para advogados e o Código de Ética da OAB

Muitos advogados ficam em dúvida ao montar o plano de comunicação do seu escritório, porque não sabem se todas as estratégias digitais podem ser adotadas na publicidade da sua empresa. 

Quanto a isso, em julho de 2021, a OAB atualizou seu Código de Ética com a publicação do provimento 205, autorizando expressamente o uso do marketing jurídico como forma de divulgação para a advocacia no ambiente online. 

Essa nova orientação também trouxe os limites da publicidade em veículos digitais, definindo que os anúncios não podem conter estratégias apelativas ou provocar a mercantilização do exercício profissional. 

Conforme a OAB, o adequado é que esses canais virtuais tenham caráter informativo, explicando assuntos jurídicos aos clientes. Nesse sentido, o marketing de conteúdo passa a ser a principal estratégia a ser aplicada pelos escritórios. 

No episódio 18 do podcast “Método Freelaw”, apresentamos mais detalhes a respeito das normas da OAB em relação às estratégias de marketing digital para a advocacia. Confira o episódio completo no link abaixo: 

Resultados que o marketing digital gera para advogados

Durante a pandemia de COVID-19, a maior parte das empresas começaram a entender a importância de investir no marketing digital como forma de desenvolver o crescimento do seu negócio. 

Afinal, no momento em que todos os estabelecimentos físicos tiveram que fechar as portas, foi por meio da internet que muitas organizações garantiram seu funcionamento, seja para fazer a gestão do seu time ou até realizar suas vendas.

Então, não restam dúvidas de que é urgente apostar em uma estratégia digital para o seu escritório de advocacia, principalmente se você está em busca de resultados como os elencados a seguir: 

1. Aumente a sua visibilidade na internet e o número de visitantes do seu site

Qual é a primeira ação que você realiza quando quer saber mais sobre algum assunto? Pesquisa na internet, não é mesmo? Atitude essa que demonstra um dos importantes porquês de investir na presença digital do seu escritório. 

Por meio da produção de conteúdo relevante nos canais virtuais, você pode se firmar como uma autoridade na sua área de atuação, aumentando a confiabilidade do público nos seus serviços. 

Assim, você faz com que sua empresa seja mais facilmente encontrada, expandindo as oportunidades do seu escritório e conquistando mais clientes de diferentes regiões do país. 

2. Aumento do número de cadastros no seu site

Outra possibilidade que o marketing digital proporciona é a de conseguir novos cadastros na plataforma do seu site, assim fica bem mais fácil descobrir quem são as pessoas interessadas no seu conteúdo. 

Sem essa atração de potenciais clientes, você terá dificuldades em evoluir o público por seu funil de vendas. O ideal é que o contato com os consumidores seja realizado cada vez mais próximo e personalizado.  

Dessa forma, você pode criar materiais que sejam bastante relevantes para os usuários, tocando em necessidades que eles apresentam. Direcionamentos que podem ser obtidos a partir das métricas de ações realizadas no seu site. 

3. Aumente o número de clientes do seu escritório

Além de garantir que você alcance um número maior de pessoas e ganhe o reconhecimento do público, as estratégias digitais também podem facilitar o processo de fidelização dos clientes. 

Muitos dos canais virtuais oferecem plataformas e técnicas para manter esse contato constante com os consumidores, fornecendo a possibilidade de enviar ofertas personalizadas e despertar o interesse em uma nova aquisição. 

Eles também possuem ferramentas para ouvir o feedback dos clientes a respeito dos seus serviços, o que pode ser muito importante na hora de pensar em melhorias no trabalho desenvolvido pelo seu escritório. 

Como começar no marketing digital para advogados?

Ao iniciar o marketing digital para advogados no seu escritório, o primeiro passo que você deve realizar é conhecer os interesses do seu potencial cliente. Só assim será possível estabelecer ações e conteúdos que realmente façam sentido para o seu público. 

Como no marketing tradicional, as estratégias realizadas nos canais virtuais devem seguir um planejamento, em que serão definidos os objetivos, prazos e indicadores para acompanhar o desenvolvimento dessas ações. 

Uma estratégia digital de sucesso é aquela que é capaz de atrair o público e gerar novas oportunidades de negócio para as empresas. Por isso, agir de forma espontânea na web não é nada eficiente.  

Na sequência, separamos sugestões de técnicas para direcionar a sua presença nas plataformas digitais. Se você quer conhecer ainda mais as tendências do marketing jurídico para 2021, recomendamos que assista ao nosso vídeo: 

1. Crie um site e um blog (utilizando o WordPress)

Já vimos que gerar conteúdo é uma das principais formas para advogados aumentarem sua credibilidade na internet. Mas, para isso, é preciso de ferramentas adequadas e nada melhor que as funcionalidades disponíveis em blogs e sites.  

Com os artigos publicados neles, você pode atrair a atenção de potenciais clientes com assuntos de seu interesse e, às vezes, até conseguir montar um banco de dados dos usuários visitantes para estabelecer comunicações posteriormente.

Diferente do que muitos acreditam, é possível estruturar essas plataformas sem precisar pagar por um programador. Uma opção é construir seu site jurídico pelo WordPress, uma ferramenta que qualquer leigo na web pode manusear sozinho. 

2. Defina qual é o foco da sua estratégia e quem é o seu cliente ideal

Por mais que você atenda a diferentes tipos de usuários, o recomendado é que comece produzindo conteúdos para apenas um público-alvo. Assim sendo, defina uma persona para seu negócio e delimite os detalhes a respeito desse cliente ideal. 

Isso te ajudará a ter mais assertividade na hora de comunicar, alcançando resultados mais rápidos e reduzindo gastos desnecessários. 

3. Realize uma pesquisa de palavras-chave para entender o que o seu cliente busca no Google

Saber o que seu cliente pesquisa na internet pode ser importante ao definir os temas que serão abordados em seus canais digitais, facilitando assim a construção de conteúdos mais direcionados aos interesses da sua persona. 

Com essa estratégia, você vai aumentar a probabilidade de que seu trabalho seja encontrado nos mecanismos de pesquisa por potenciais clientes, expandindo a possibilidade de captar novos consumidores. 

Ferramentas, como o Google Trends ou o Keyword Tool, podem te ajudar a escolher os melhores termos para seus posts com base em informações do volume de buscas realizadas ou na quantidade de artigos que já existem sobre o assunto. 

4. Produza o melhor conteúdo que existe na internet para aquela busca

Os seus potenciais clientes estão em busca da melhor solução para alguma das suas necessidades, por isso invista em elaborar conteúdos de qualidade que tragam respostas às dúvidas que eles têm no momento. 

Para tal, não deixe de verificar a estrutura dos artigos que ocupam as primeiras posições no Google, observando as técnicas de otimização que foram empregadas na construção do conteúdo e a abordagem que foi realizada do tema. 

Só assim você conseguirá produzir uma publicação autoral, que vai além do que já é encontrado na internet. Na formação do conteúdo, explore também o uso de recursos audiovisuais que irão facilitar a compreensão dos usuários.  

5. Mantenha a consistência e produza 1 conteúdo por semana no blog do seu escritório

Tudo na internet é muito imediato e, às vezes, esperamos que os resultados das estratégias digitais também apareçam dessa maneira. Porém, não se desespere se isso não acontecer, pois o habitual é que esses efeitos levem tempo para surgir. 

Mas, não deixe que isso afete a sua constância na produção de conteúdo. Monte um calendário editorial com assuntos relevantes para o seu público e planeje todas as ações que pretende realizar em seus canais digitais. 

Use a tecnologia a seu favor para automatizar o máximo de processos. Manter a frequência de postagens é uma forma de fidelizar os clientes interessados no seu conteúdo, pois eles saberão quando terão novidades na sua página.     

6. Utilize as Redes Sociais, o WhatsApp e o e-mail como canais para distribuir os conteúdos que você criou no seu blog

Quando começam a escrever em seus blogs/sites, muitos advogados sentem que seus conteúdos não têm sido vistos pelos usuários. Isso acontece porque a internet já está repleta de informações e para se destacar é preciso usar estratégias.  

Uma delas que você pode aplicar para contornar esse desafio é aproveitar as funcionalidades das redes sociais para aumentar a visibilidade dos seus artigos, distribuindo seus conteúdos por esses canais. 

Vale destacar que essas publicações devem se adaptar ao estilo de cada rede social. Defina também métricas (por exemplo, quantos usuários chegaram até seu site/blog por meio do novo post) para acompanhar se o objetivo tem sido alcançado. 

7. Utilize outros canais para fortalecer a sua estratégia e alavancar os seus resultados

Muitos advogados focam na criação de conteúdo apenas para as redes sociais e se esquecem do potencial de outros canais online. 

Contudo, essas ferramentas menos exploradas podem ser o diferencial que a estratégia da sua empresa na internet precisa para se destacar entre a concorrência. Conheça algumas das alternativas: 

Assessoria de imprensa para advogados

Investir na divulgação do seu escritório de advocacia por meio da assessoria de imprensa é uma boa aposta para quem deseja aumentar a credibilidade da sua marca na internet. 

Além de estabelecer o contato com veículos de comunicação para ganhar visibilidade midiática, a assessoria pode ser uma forma interessante de fortalecer a autoridade do seu negócio na região de sua atuação. 

Facebook Ads e Google Ads para Advogados

Também é possível fazer com que mais pessoas entrem em contato com seus conteúdos na internet usando os sistemas de anúncios pagos, como os das plataformas Facebook Ads ou do Google Ads

Com eles, você pode impulsionar suas publicações para que alcancem determinados resultados como obter mais visitas no seu site, conseguir os dados de potenciais clientes ou incentivar o download de algum material gratuito.  

Antes de usar essa estratégia, entenda a posição da sua seccional da OAB sobre o que é permitido ou não de ser anunciado. No Código de Ética, a regra é que essa ferramenta não seja utilizada com o intuito de vender diretamente serviços jurídicos. 

Social Selling na advocacia

O Social Selling é uma técnica aplicada nas redes sociais que ajuda as empresas a se aproximarem dos consumidores. Essa estratégia é ideal para escritórios maiores ou que desejam realizar um atendimento mais personalizado. 

Ela já existia anteriormente como o tradicional “networking”. Hoje, o LinkedIn é um dos ambientes virtuais mais interessantes para usar essa técnica. Viu algum potencial cliente postando algo? Comente e dê início a um bate-papo! 

Up-sell e cross-sell na advocacia

Você pode aproveitar os conteúdos que já produziu para ofertar novos serviços aos seus atuais clientes e impulsionar suas vendas na advocacia por meio das técnicas de “up-sell” ou “cross-sell”. 

No caso do “up-sell”, você vai tentar fazer uma nova oferta para o mesmo cliente, às vezes, na mesma especialidade do direito. Enquanto o “cross-sell” é uma forma de executar vendas “cruzadas”.

Veja como funciona: um cliente contratou um serviço de Direito Tributário do seu escritório. Na venda “up-sell”, em sequência, você ofereceria outro do mesmo ramo. No tipo “cross-sell”, você ofertaria outro trabalho em Direito Societário, por exemplo. 

Nessas estratégias é comum usar expressões como: “Me lembrei de você” ou “Acho que esse tema pode te interessar”. Se a pessoa tiver curiosidade, ela vai entrar em contato com você. 

Quanto tempo demora para atingir algum resultado com o marketing jurídico?

Ao implementar a estratégia digital no seu escritório de advocacia, você terá ganhos de curto prazo, como a percepção de autoridade, o fortalecimento do seu branding ou até mesmo a captação de novos clientes.

Mas, com a experiência da Freelaw, podemos afirmar que, normalmente, os principais benefícios do marketing digital começam a surgir após 12 meses de desenvolvimento das estratégias. 

Se formos considerar que a advocacia é a sua profissão e você irá exercê-la até o fim da sua atividade trabalhista, esse é um período relativamente curto e que vale a pena esperar. 

Consigo fazer marketing digital sozinho ou preciso de uma equipe?

Se seu escritório não tem recursos para investir em um time de marketing, você pode aprender a aplicar as estratégias digitais sozinho. Uma forma de estudar é participando das Lives da Freelaw, que acontecem nas terças-feiras às 19h. 

Mas, se no seu caso, não é possível fazer tudo sozinho, prefira então criar uma equipe para esse objetivo. Contudo, recomendamos que antes de delegar as tarefas de marketing, você também invista tempo em aprender as estratégias. 
Isso te ajudará a ter resultados mais consistentes, auxiliando o trabalho do seu time. Comece aprendendo com a gente, fazendo o download gratuito do nosso mapa de conteúdo “Conquiste clientes na advocacia por meio da internet”.