O que é inovação na advocacia? A Freelaw trouxe para você um guia completo para você destacar o seu escritório de advocacia dentro e fora da internet.

Mesmo que o universo jurídico seja bem tradicional, não há dúvidas de que ele também tem sido impactado pelo mundo online. Consequência que vem da evolução da advocacia 4.0 e das legaltechs e lawtechs, que incentivam cada vez mais o direito e a tecnologia a desempenharem um trabalho em conjunto. 

Focados em demandas práticas, como a gestão do seu escritório de advocacia ou a resolução de casos judiciais, muitos profissionais não estão atentos às novidades do mercado jurídico e acabam não desfrutando dos benefícios dessa união para facilitar seu dia a dia. 

Por isso, no artigo de hoje vamos te ensinar como você pode inserir a inovação em prática nos processos da sua rotina jurídica, melhorando assim a qualidade do seu trabalho e, consequentemente, da sua vida no direito. Acompanhe o conteúdo até o final e descubra como isso é possível:

Inovação vs. direito e tecnologia: o que você precisa saber sobre esse movimento? 

Se formos observar os anos 2000, iremos reparar que muito do que fazemos hoje no mundo digital seria praticamente impossível, como estudar de forma remota, criar uma conta bancária rapidamente e até mesmo contratar serviços advocatícios com facilidade.  

O cenário atual é outro graças ao avanço da tecnologia. No direito, por exemplo, você pode encontrar um advogado online para atender suas demandas jurídicas, sem nem sair de casa. Já para os profissionais, a vantagem foi que a inovação desburocratizou certos processos, tornando-os muito mais simples e rápidos.  

Dados sobre o direito e a tecnologia no Brasil 

O que marca o domínio da inteligência artificial e das ferramentas tecnológicas dentro do direito é a quantidade de startups jurídicas, que só aumenta cada vez mais no Brasil. Segundo o levantamento da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L), hoje mais de cem iniciativas desse tipo já existem no país.

Como o Brasil é um pólo para a formação de muito bacharéis dessa área, a tendência é que esse número só se expanda ao longo do tempo devido à busca dos novos profissionais por uma forma de atuação diferente, que fuja dos padrões tradicionais, tornando-os mais competitivos no mercado.    

O que são lawtechs e por que elas podem não resolver o seu problema? 

Para quem nunca ouviu falar sobre lawtechs ou legaltechs, essa é a nomenclatura usada para fazer referência às empresas de tecnologia jurídica, que englobam desde organizações já consolidadas até startups. 

O diferencial dessas empresas está principalmente na sua estrutura e atuação no mercado, que prioriza o uso da tecnologia e da inovação para realizar os processos jurídicos com mais agilidade e eficiência. Por isso, não há dúvidas de que elas sejam bastantes essenciais à atualização do mercado jurídico de hoje. 

Entretanto, por mais que as soluções trazidas pelas legaltechs e lawtechs sejam realmente muito inovadoras, de nada adiantarão se forem implementadas em equipes onde os profissionais ainda não compreendem sua importância ou não sabem lidar com esse tipo de novidade. 

Por isso, antes de inserir qualquer inovação na sua empresa, oriente primeiro seus colaboradores acerca das novas tendências tecnológicas que têm tomado o mercado. Assim, será bem mais fácil obter os resultados almejados ao usar a tecnologia na sua rotina. Quer saber mais sobre o assunto? Confira o vídeo abaixo: 

O que seria a inovação no direito (na prática)? 

Não é preciso ir muito longe para enxergar como a inovação vem sendo inserida no direito. Basta observar como os processos hoje são realizados que você já vai notar como é bem diferente do passado. Por exemplo, as várias folhas impressas já foram substituídas por procedimentos eletrônicos e são elaboradas de qualquer lugar.

Então, por mais que a inovação no direito pareça ser um assunto muito complexo, hoje com a diversidade de soluções tecnológicas pensadas para os problemas jurídicos é muito mais fácil entender como isso é possível e pode revolucionar o mercado do direito no país, simplificando o dia a dia dos profissionais. 

Para aprofundar ainda mais nessa discussão, vale a pena conferir a live número 1 da Freelaw, na qual contamos como a tecnologia e a inovação podem fazer parte da rotina dos advogados na prática. Assista ao conteúdo a seguir:

Quais os maiores erros que impedem que os advogados inovem?

A maioria dos profissionais do direito acredita que apenas conhecer as ferramentas digitais já é o suficiente para garantir a inovação no dia a dia das empresas jurídicas, porém se esse elemento não estiver aliado à uma mudança de mentalidade do setor, não será possível alcançar a transformação digital almejada. 

O meio jurídico tende a ser bastante resistente às novidades, mantendo seus processos complementamente engessados em costumes e tradições que já não fazem mais sentido nos dias de hoje. 

Por isso, se você quer inovar na sua empresa ou escritório de advocacia, abandone as velhas concepções do direito e abra sua mente para essas novas práticas que chegaram para revolucionar o mercado de trabalho e a forma de executar os processos jurídicos. 

Na sequência, vamos continuar esse bate-papo para que você aprenda ainda mais como dar os primeiros passos para inserir a inovação dentro da sua realidade, então continue a leitura para não perder nenhuma dica!    

Como aplicar a inovação na advocacia? 

Antes de pensar nas estratégias e ferramentas que serão empregadas, a inovação na advocacia precisa atingir a cultura da sua empresa para que a transformação desejada aconteça na prática. 

Quando falamos disso, ressaltamos a importância de repensar as regras, comportamentos e demais aspectos que contribuem para o funcionamento do seu escritório de advocacia. Desse modo, a cultura de inovação atingirá de modo integral sua organização e não apenas determinados processos. 

Só que apenas definir essas orientações não é o suficiente para formar um escritório inovador, se todas as iniciativas não acontecerem de acordo com os parâmetros dessa nova cultura.   

Golden Circle: o conceito que pode mudar a sua forma de advogar

O conceito do Golden Circle, desenvolvido pelo especialista Simon Sinek, é uma das estratégias que podem ser empregadas para te ajudar na hora de fazer essa transição da sua forma clássica de advogar para um modelo inovador. 

Essa metodologia defende que é mais fácil sistematizar uma nova forma de pensar e agir dentro de um modelo de negócio se esse processo acontecer de dentro para fora do círculo.

E como aplicar isso na busca do seu escritório pela inovação? Uma das maneiras é oferecer liberdade aos colaboradores para sugerir novas ideias, assim as mudanças não vão partir diretamente das lideranças, como sempre acontecem, e podem ser muito mais eficazes e diferentes.   

Ao final, todos participaram desse processo de mudança e os resultados atingiram a empresa de modo geral, chegando inclusive aos clientes do seu escritório. Viu como essa pode ser uma transição fácil? 

No episódio 50 do nosso podcast Lawyer to Lawyer, a advogada Sheila Shimada contou mais algumas dicas para você colocar essa mudança do seu escritório de advocacia tradicional para um modelo inovador. É só clicar no link abaixo para ouvir esse bate-papo:  

As quatro áreas de um escritório de advocacia inovador

Já falamos aqui sobre a importância de ir além das tendências tecnológicas para garantir a inovação no seu negócio jurídico. Até porque, na verdade, o mais importante nesse percurso é adotar novas práticas no seu escritório que rompam com os paradigmas da advocacia tradicional, gerando resultados diferenciados.   

Por isso, o primeiro passo para inovar é promover uma mudança de gestão que difunda essa nova cultura a todos os níveis e setores da sua organização. Na sequência, trouxemos ideias de como você pode começar a fazer isso acontecer em quatro áreas diferentes do seu escritório de advocacia, veja:   

1) Aquisição de clientes: como começar a inovar por aqui?

Por anos, a divulgação “boca a boca” entre clientes foi o principal meio para os advogados divulgarem o seu trabalho e alcançarem o público interessado nos seus serviços. Hoje, só essa forma de comunicação já não é mais suficiente, visto que as redes sociais também modificaram o nosso jeito de interagir com os outros. 

E é nesse momento que entra a inovação! A partir dessas mudanças, é preciso pensar em novos métodos para que a captação de clientes na advocacia seja realmente eficiente e isso só irá acontecer se seu escritório delimitar os seguintes pontos:  

Defina a essência do seu escritório

Sabe aquela frase do livro “Alice no país das maravilhas” de que qualquer caminho serve para quem não sabe onde chegar? Não deixe que isso aconteça no seu escritório! 

Tire um tempo junto da sua equipe e delimite a missão, a visão e os valores da sua organização. Assim, toda vez que surgir uma novidade, você vai conseguir ter uma análise mais nítida se faz sentido ou não implementá-la para alcançar os objetivos do seu escritório.  

Defina o seu posicionamento e as suas áreas de atuação

Pense com a gente: por exemplo, quando você tem um problema de saúde no coração é preferível buscar ajuda num clínico geral ou já ir direto num cardiologista? Provavelmente, você respondeu acionar o médico especialista nesse órgão, não é?

Assim também acontece no mundo do direito! Por isso, prefira estabelecer as especialidades que seu escritório atende e se aprofunde nelas cada vez mais, até que seu público passe a te enxergar como uma verdadeira autoridade no assunto! Dessa forma, será bem mais fácil atrair novos potenciais clientes! 

Defina a persona do seu escritório

Para quem não sabe, “persona” é um termo usado para designar o público-alvo de um negócio. A diferença entre esses conceitos é que as personas trazem características mais específicas acerca dos potenciais clientes, ajudando assim as empresas a criarem melhores estratégias para atingir esse grupo. 

Então, se o seu escritório quer captar os clientes certos, ele precisa saber quem são essas pessoas que necessitam dos seus serviços. Além disso, também é importante conhecer o problema que as personas enfrentam, desse modo você pode mostrar as soluções que seu negócio tem para resolver essa questão.   

Crie uma estratégia eficiente de marketing jurídico e de relacionamento com possíveis clientes

Marque presença onde quer que o público do seu escritório esteja. Então, por mais que você aplique estratégias off-line para divulgar seu trabalho, como o “boca a boca” ou o networking, nunca deixe de explorar também os métodos do marketing jurídico para atingir seus potenciais clientes. 

Desse modo, você vai construir uma campanha publicitária bem mais completa do seu negócio, fazendo presença em diferentes plataformas, dentro e fora do mundo digital, conseguindo assim se aproximar do seu cliente perfeito e fechar mais contratos. 

2) A inovação na área jurídica do seu escritório

A inovação ainda pode fazer parte dos processos da rotina de um escritório de advocacia, facilitando tarefas realizadas cotidianamente, otimizando assim não só o trabalho como também o tempo gasto pelos advogados em cada demanda. 

Um dos maiores impactos da transformação digital na advocacia foi a possibilidade de usar os recursos tecnológicos a favor da sua atuação profissional. Hoje, já é possível resolver as partes burocráticas, como, por exemplo, a elaboração de contratos e petições, com muito mais eficiência e rapidez pela internet. 

Além disso, o mundo digital proporcionou a expansão da sua equipe jurídica com a contratação de advogados freelancers, que podem trabalhar em parceria com seu escritório de qualquer lugar do mundo. Desse modo, é mais fácil ampliar a cartela de clientes, cumprir todos os prazos e ainda aumentar o faturamento. 

Na Freelaw, temos uma plataforma bem simples para você realizar todo esse processo de encontrar os profissionais certos de acordo com as novas demandas do seu escritório. Clique aqui e conheça!      

3) A inovação na cultura de customer success 

Para alcançar o sucesso do seu escritório de advocacia, é preciso garantir a satisfação dos clientes com os serviços prestados e nada melhor que a inovação para te ajudar a inserir o “customer success” dentro da cultura do seu negócio. 

Implementar um chatbot ou ter um aplicativo interno para conversar com o público são opções muito interessantes para melhorar o atendimento do seu escritório, mas não saia apenas incluindo essas ferramentas sem antes avaliar se elas atendem às necessidades dos seus clientes. 

O mais importante não é só ter as estratégias mais modernas no seu escritório, mas sim possuir ferramentas que te ajudem a entregar melhores resultados. Por isso, faça muitos testes e descubra o que mais faz sentido para a sua empresa jurídica!   

4) A inovação na área administrativa e na operação do dia a dia da sua advocacia

Também dá para inovar na gestão do seu escritório de advocacia, se você quiser reduzir o tempo gasto com tarefas jurídicas operacionais do dia a dia para se dedicar às prioridades do seu negócio. 

Para isso, comece a enxergar seu escritório como uma empresa, que necessita de melhorias no seu jeito de trabalhar como um todo, almejando assim atender às demandas de forma mais rápida e eficaz e, consequentemente, impactando a jornada do seu cliente.   

Depois de identificar os desafios que impedem sua empresa de avançar, você pode pesquisar por ferramentas tecnológicas que podem solucionar essa situação. Por exemplo, se não existe transparência de informações entre os colaboradores, vale a pena arrumar um aplicativo, como o Trello, para gerenciar as tarefas da equipe.   

Conteúdos complementares sobre direito e tecnologia para te ajudar: direito, tecnologia e inovação

Mesmo com as dicas que trouxemos aqui, sabemos que o caminho para inovar na advocacia é construído de muitas etapas e nada melhor que contar com a ajuda especializada para enfrentar os desafios dessa jornada. 

Aqui na Freelaw, temos outros formatos de conteúdo gratuito que vão te acompanhar nessa transformação do seu escritório e sanar todas as suas dúvidas durante esse percurso. Confira as opções:  

a) Podcast Lawyer to Lawyer da Freelaw

No podcast “Lawyer to Lawyer”, a Freelaw traz todas as novidades do universo da gestão, inovação e tecnologia para os advogados colocarem em prática e melhorarem o trabalho dos seus escritórios. A cada episódio, recebemos um profissional do direito para um bate-papo cheio de estratégias e boas ideias!  

b) Lives da Freelaw 

Outra forma de adquirir conhecimento é acompanhando as lives da Freelaw no Youtube, que acontecem às 17h todas às terças-feiras. Nelas, você vai aprender sobre os melhores métodos e ferramentas para alavancar a situação do seu escritório de advocacia com a ajuda dos nossos especialistas!     

c) E-book sobre “Tecnologia e Inovação para Advogados na Prática”

Se você prefere fazer a leitura de materiais bem completos e aprofundados, recomendamos que faça o download gratuito dos nossos mapas de conteúdo e conheça ainda mais sobre o mundo da gestão e da advocacia. 
Um dos exemplares mais interessantes que já lançamos é o e-book “Tecnologia e Inovação para Advogados na Prática”, em que você vai aprender como levar a transformação digital para dentro do seu escritório sem nenhuma dificuldade. Para baixar esse material, é só clicar aqui!