O Google Ads para advogados é uma plataforma usada para a construção de anúncios pagos no Google com o objetivo de ganhar cliques nos links divulgados. 

Já reparou que quando você digita uma palavra-chave nos mecanismos de pesquisa, milhões de resultados são exibidos para sua busca? Por isso, cada vez mais as empresas devem investir em estratégias para se destacar na internet. 

Uma das técnicas, usada para atingir esse objetivo, é a realização de anúncios patrocinados nas plataformas. Atualmente, o Google Ads é a ferramenta mais atraente para produzir esse tipo de publicidade. 

Dados recentes mostram que cerca de 3,8 milhões de pesquisas são feitas por meio desse buscador diariamente. Um dos motivos que explica porque você deve aplicar essa estratégia na divulgação do seu escritório de advocacia. 

Segundo a metodologia Legal Growth Hacking, um novo recurso só deve ser implementado na sua empresa jurídica após testes que possibilitem que você analise os resultados estimados da sua utilização para seu negócio.  

Por essa razão, recomendamos que você leia todas as informações que trazemos neste artigo antes de colocar essa plataforma na estratégia de marketing do seu escritório de advocacia. 

Assim, você aprenderá as regras do uso do Google Ads para advogados, além de descobrir várias dicas para aplicar essa técnica corretamente, de modo a atrair novos clientes e resultados para a sua empresa. Tenha uma boa leitura! 

Código de Ética da OAB x Google Ads para advogados

Ao estruturar as estratégias de marketing do seu escritório de advocacia, o primeiro cuidado que você deve ter é observar o que orienta o Código de Ética da OAB em relação aos modelos de publicidade permitidos para o seu negócio. 

Em julho de 2021, tivemos a publicação do provimento 205 que autoriza legalmente  o uso do marketing jurídico, definindo seus principais limites e conceitos. Isso garante segurança aos advogados ao elaborar a divulgação digital da sua empresa.

Os anúncios pagos, como os do Google Ads, também foram incluídos nessa nova orientação, desde que não violem a ética do exercício profissional da advocacia. A seguir, colocamos alguns cuidados que você deve tomar ao usar esse recurso: 

Cuidados para evitar problemas com o Código de Ética da OAB

Mesmo que o uso do Google Ads para advogados esteja expressamente liberado agora para os escritórios jurídicos, você deve ficar atento aos limites da aplicação dessa ferramenta no marketing do seu negócio. 

Afinal, nem tudo foi liberado pelo Código de Ética. As violações em relação aos anúncios pagos estão ligadas especialmente ao modo como o usuário manuseia esse recurso. Por isso, fuja de situações que transgridem às orientações como: 

  1. Fazer chamadas para a ação muito apelativas;
  2. Construir conteúdos que provocam a mercantilização do exercício profissional; 
  3. Tentar captar clientes de forma explícita por meio dos anúncios;  
  4. Oferecer serviços que não sejam do seu campo de atuação. 

O que é o Google Ads?

Para quem ainda não conhece, o Google Ads é uma plataforma usada para a construção de anúncios pagos no Google com o objetivo de ganhar cliques nos links divulgados. 

Ele permite que essas publicações patrocinadas apareçam em destaque para os usuários, principalmente, nos resultados do mecanismo de busca ou ainda em banners dentro de sites específicos. 

O grande diferencial do Google Ads é possibilitar que você tenha contato com um público segmentado, interessado em assuntos relacionados à sua empresa, sendo assim uma excelente estratégia para captar novos clientes. 

O que você pode fazer no Google Ads 

Não adianta apenas acrescentar o Google Ads nas ações de marketing digital do seu escritório de advocacia, se você não se planejar estrategicamente para atingir seu público-alvo e gerar oportunidades de negociação por meio desse recurso. 

Para te ajudar a construir anúncios que realmente vão produzir resultados para sua empresa, vamos falar sobre ideias que você deve colocar em prática ao usar essa ferramenta na publicidade do seu negócio na internet. Confira a seguir: 

1. Pesquisa de palavras-chave

Na plataforma do Google Ads existe um recurso muito interessante chamado  “planejador de palavras-chaves”. Ele é ideal para auxiliar na produção de anúncios mais assertivos. 

Por ele, você pode digitar um termo relacionado ao seu negócio e descobrir dados acerca da expressão, como o volume de buscas já realizadas no Google, o nível de dificuldade da pesquisa e até a estimativa de custos com cliques nessa palavra. 

Essa é uma ferramenta que pode ser usada não apenas para a criação dos anúncios pagos como também para quem pretende rankear no mecanismo de buscas por meio de estratégias de inbound marketing

2. Segmentar o público para o qual você vai anunciar 

Diferente dos anúncios feitos em outros canais de divulgação, o Google Ads possibilita que você mostre o seu conteúdo para públicos específicos, que já tenham interesses voltados ao nicho da sua empresa. 

Para os escritórios de advocacia, por exemplo, você pode optar por fazer divulgações que sejam direcionadas às pessoas que já pesquisaram por outros termos jurídicos ou que estão na localidade onde sua empresa está situada. 

Com essa técnica, você aumenta a possibilidade de que o público acesse o seu conteúdo, sendo uma ótima forma de atrair novos potenciais clientes. 

3. Fazer anúncios para a rede de pesquisa

O Google Ads permite que você faça anúncios na plataforma em três modelos distintos e o mais comum deles é a divulgação na rede de pesquisa

Esse formato nada mais é do que exibir seu conteúdo no topo da página principal do Google, quando alguém procura por um termo relacionado ao seu anúncio patrocinado.  

Ao ser mostrado para o público nos resultados de pesquisa, o seu conteúdo será rotulado com a palavra “Anúncio” para mostrar que é uma divulgação paga. 

4. Fazer anúncio de display

Os anúncios de display permitem que você crie sua divulgação com o uso de recursos gráficos (como imagens) para chamar a atenção para seu conteúdo. Eles aparecem em sites, aplicativos e até no Gmail. 

A recomendação é usar esse tipo de anúncio principalmente para pessoas que já conhecem o seu site. Assim, elas logo vão identificar que aquele é um conteúdo seu, acessando-o novamente.

5. Fazer anúncios de vídeo

Os vídeos também podem ser uma forma de divulgar seu escritório de advocacia por meio do Google Ads. Esse tipo de anúncio geralmente aparece no YouTube ou em sites parceiros do Google. 

Hoje, as campanhas em vídeo podem ser feitas de seis modos diferentes no Google Ads: in-stream puláveis, in-stream não puláveis, video discovery, bumper, out-stream ou masthead. Cada formato existe para um objetivo específico. 

Qual é a vantagem e desvantagem de cada forma de anunciar no Google Ads para advogados? 

É comum que os iniciantes no uso do Google Ads fiquem perdidos ao ter que definir o melhor formato para a sua divulgação diante de tantas opções oferecidas pela plataforma. 

Não esqueça que o tipo de anúncio escolhido deve ser alinhado ao objetivo almejado pela empresa com a divulgação. Considere também que cada modelo tem particularidades ao ser utilizado. 

Por exemplo, na rede de pesquisa é possível saber melhor a intenção das pessoas, porque elas buscaram ativamente pelo termo e provavelmente querem comprar ou consumir conteúdos relacionados ao tema.  

Já nas campanhas em display ou vídeo, você não tem toda essa precisão a respeito dos objetivos dos usuários, então é preferível usá-las como canais para divulgar conteúdos ou fazer remarketing para clientes atuais. 

Em relação às desvantagens, a principal seria de que os resultados com o Google Ads nem sempre são imediatos. De início, a maioria das pessoas precisam gastar ou para aprender a lidar com a ferramenta ou para contratar um especialista nisso. 

Então, você provavelmente terá que investir bastante até que suas campanhas sejam assertivas e tragam bons frutos à sua empresa. 

Quer saber mais sobre o gerenciamento de tráfego no Google Ads? Confira o abaixo o episódio 86 do “Lawyer to Lawyer” em que trouxemos detalhes acerca desse assunto em um bate-papo com o gestor Duerer Carvalho: 

 

Passo a passo: como começar a utilizar o Google Ads no seu escritório de advocacia?

Assim como outras estratégias de marketing para advogados, o uso do Google Ads na divulgação da sua empresa também exige que você fique atento a determinadas práticas para garantir que seus anúncios alcancem sucesso na internet. 

Separamos então um passo a passo com dicas de ações que você aplicar na hora de criar suas campanhas no Google Ads, produzindo assim um conteúdo estratégico em busca de resultados. Conheça as técnicas: 

1. Selecione algumas palavras-chave buscadas

Às vezes, temos a impressão de que acrescentar termos mais óbvios e genéricos ao nosso conteúdo vão atrair mais usuários até o nosso site, porque mais pessoas estão pesquisando por essas expressões. Porém, estamos enganados. 

O ideal é sempre começar criando anúncios com palavras-chaves específicas que vão atrair potenciais clientes já interessados no que você oferece. Ao definir esses termos, pense nos serviços prestados ou nos problemas que você costuma resolver. 

Assim, você evita que seu orçamento para o Google Ads não seja usado de forma errada, mas sim atingindo os cliques certeiros e relevantes do público-alvo desejado. 

2. Crie as primeiras campanhas

Gerar tráfego para seu site, cadastrar novos usuários ou impulsionar as vendas estão entre as opções de objetivos que você pode definir ao elaborar uma campanha no Google Ads. 

Aqui na Freelaw recomendamos que o seu primeiro contato com essa ferramenta seja para atrair novos cadastros, pois assim é possível fazer um contato rápido com o usuário e ainda conseguir um canal para manter a comunicação posteriormente. 

Isso pode ser feito por meio da disponibilização de materiais gratuitos, em que a pessoa vai apenas entrar na sua página específica, preencher um formulário, baixar o conteúdo e sair. Tudo bem simples e rápido. 

3. Realize os primeiros testes

Se você ainda não tem tanta familiaridade com o Google Ads, prefira incluir essa estratégia aos poucos na divulgação do seu escritório. A princípio, invista menos dinheiro nos anúncios, colocando também poucas palavras-chaves.

É indicado também que você inicie por campanhas na rede de pesquisa. Elas são mais simples de produzir, pois os conteúdos não exigem a criação de peças gráficas, como acontece nos conteúdos em display ou no YouTube.

4. Analise os resultados

A cada teste que você fizer no Google Ads, não deixe de registrar os resultados obtidos com os anúncios, mesmo que eles não sejam ainda tão satisfatórios para sua empresa. 

Uma ferramenta que pode te ajudar nesse momento são as planilhas eletrônicas para advogados, onde você pode colocar esses dados de modo organizado e acessível. 

Reúna seu time e aproveite as informações encontradas para fazer um diagnóstico dos seus anúncios, identificando o que deu certo, as melhorias que precisam ser realizadas e as novas ideias que podem ser acrescentadas.

5. Otimize as suas campanhas

O sucesso dos seus anúncios no Google Ads também depende das técnicas aplicadas na estrutura do conteúdo. A cada nova divulgação, você vai aprender o que realmente funciona ou não diante do seu público-alvo. 

Assim, será mais fácil produzir suas campanhas de modo que elas impactem com assertividade seus potenciais clientes. 

Na próxima seção do nosso artigo, vamos trazer ideias práticas que podem ser incluídas na otimização dos seus anúncios no Google Ads. Para conferir o conteúdo, continue a leitura! 

8 dicas para anunciar seu escritório de advocacia com o Google Ads

Algumas estratégias podem parecer meros detalhes na hora de produzir os anúncios para o Google Ads. Porém, ao contrário do que pensamos, elas são fundamentais para alcançar bons resultados com o uso dessa ferramenta. 

Na lista trouxemos as principais técnicas de otimização para quem quer elaborar campanhas diferenciadas que vão chamar a atenção dos usuários ao entrar em contato com a sua divulgação na web. Não deixe de conferir:  

1. Utilize calls to action (CTA)

O primeiro cuidado que você deve observar é em relação às chamadas para a ação (CTAs) inseridas nos seus conteúdos do Google Ads. 

Troque expressões que façam a oferta dos serviços prestados pelo seu escritório, como “Agende uma consulta gratuita”, por conteúdos de inbound marketing que vão ajudar seu potencial cliente, por exemplo, oferecendo materiais gratuitos. 

Assim, ao evitar essas chamadas agressivas, você também afasta a possibilidade de sofrer uma penalização por infringir as orientações do Código de Ética da OAB que orienta a não mercantilização do exercício da advocacia. 

2. Escolha bem as suas palavras-chave

Nesse artigo, já falamos da importância das palavras-chave para as estratégicas no Google Ads e vamos ressaltar novamente isso. Nunca deixe de selecionar bem os termos relevantes para o seu público ao anunciar na plataforma. 

Não é difícil descobrir quais são eles, já que o recurso “Planejador de palavras-chaves” do Google pode ser usado gratuitamente e fornece todos os dados compilados acerca das pesquisas feitas para cada termo específico. 

Isso vai permitir que suas campanhas sejam mais facilmente encontradas por seus potenciais clientes, atingindo pessoas que já têm interesse prévio no seu negócio.  

3. Segmente as suas campanhas

Também é importante que você defina com bastante exatidão para quem seus anúncios serão exibidos. Esse recurso é um grande diferencial do Google Ads e é ideal para quem deseja inovar na captação de clientes para seu escritório. 

Você ainda pode gerar anúncios específicos para diferentes públicos interessados no seu negócio. Além de deixar sua conta organizada, essa estratégia traz resultados mais assertivos em relação às suas campanhas. 

4. Fique atento à Rede de Display

Anúncios na rede de display podem atrair muita atenção ao seu negócio, porém eles só funcionarão se forem estruturados da maneira correta. Para isso, tome alguns cuidados ao produzir esse tipo de conteúdo como: 

  • Escolher palavras-chaves que se relacionem e que sejam facilmente agrupadas para atingir um público maior; 
  • Observe se o formato está adequado ao local em que ele será exibido; 
  • Garanta que seu anúncio também será compatível com dispositivos móveis;  
  • Selecione bem os websites em que aparecerão seus conteúdos, excluindo aqueles que não fazem sentido para seu público. 

5. Analise frequentemente o índice de qualidade dos anúncios

O Google está sempre atento à performance dos seus anúncios na plataforma. Essa é uma ótima forma de você medir o desempenho das suas campanhas, descobrindo os tipos de formatos e estratégias que mais trazem resultados para a sua empresa. 

Por meio do “Índice de qualidade”, a ferramenta fará um diagnóstico dos seus conteúdos, fazendo um comparativo do seu anúncio em relação a outras publicações semelhantes.

Após a análise, ele oferece uma pontuação de 1 a 10 para o anúncio. Obter um índice alto demonstra que sua campanha é realmente relevante e útil para as pesquisas realizadas por determinada palavra-chave mencionada no conteúdo. 

6. Desenvolva landings pages 

No marketing digital, o termo “landing pages” simboliza as páginas de destino de um site, as quais os usuários são direcionados após clicar em um link na internet, por exemplo, por meio de um anúncio do Google Ads. 

Elas são relevantes para a captação de novos clientes. Porém, você deve ter cuidado ao aplicar essa estratégia. Para as landings pages funcionarem, você deve garantir que o usuário veja na página o que realmente viu no seu anúncio. 

Se não encontrarem imediatamente o que querem, eles podem abandonar a sua página, sem realizar nenhuma ação, e ainda sim você terá que pagar por esses cliques, sem ter resultados concretos para seu escritório com as campanhas. 

7. Não coloque a página inicial do seu site como página de destino

Ao direcionar o usuário até seu site por meio do anúncio no Google Ads, prefira levá-lo a conteúdos específicos do para a página inicial da sua plataforma. 

Geralmente, a parte de abertura possui muitos comandos, que podem direcionar seu público para tantos caminhos diversos que ele ficará perdido no manuseio da ferramenta. 

Por isso, recomendamos que você opte por indicar páginas específicas nas suas campanhas patrocinadas, que incentivem uma tomada de ação rápida e direta, sem rodeios. 

8. Analise dados para otimizar as suas campanhas 

Não adianta gerar o anúncio no Google Ads e não acompanhar os dados que as campanhas têm produzido. Separe um tempo da sua rotina jurídica para verificar quais são as métricas alcançadas por essas divulgações patrocinadas. 

Essas informações vão fornecer insights sobre o que funciona na publicidade do seu escritório, permitindo que você otimize cada vez mais seus conteúdos, corrigindo erros e realizando melhorias, que trarão o retorno positivo que tanto deseja. 

Com essas e outras dicas da Freelaw você, advogado, poderá revolucionar o marketing da sua empresa e atrair ainda mais clientes. Estamos sempre preocupados em sempre oferecer os melhores conteúdos! 

Por isso, não deixe de conferir os materiais que disponibilizamos gratuitamente. Comece sua jornada de aprendizado pelo nosso e-book “Tecnologia e inovação para advogados na prática”. Para fazer o download, clique aqui!