O trabalho do advogado online é uma realidade consolidada, sobretudo no cenário pós-pandemia. Trata-se do profissional que pode atender clientes de qualquer lugar do país, sem precisar se locomover. Então, por que eu deveria adaptar o meu escritório a essa realidade? Quais são as outras vantagens de se trabalhar nessa modalidade?

Não se se este é o seu caso, mas, antes da pandemia, muitos advogados insistiam em dizer que o trabalho remoto na advocacia era algo muito distante de nossa realidade.

Mas, com a COVID-19 e a transformação digital, a advocacia online deixou de ser uma tendência e se tornou uma necessidade.

Nós, da Freelaw, temos o orgulho de dizer que fomos pioneiros com a criação de um modelo de contratação de advogados sob demanda, em 2019

Os desafios para adotar o modelo, entretanto, são vários. Como gerenciar uma equipe jurídica remota? Como manter a qualidade dos serviços? Como aumentar a eficiência na advocacia?

Se o seu desejo no momento é o de cumprir prazos com mais eficiência e crescer de forma moderna, você está no lugar certo. Fique até o final do conteúdo de hoje!

Advogado online: um resultado da advocacia 4.0 (e da COVID-19)

A Lei do Processo Eletrônico foi decretada em 2006. Mas, até que o Judiciário brasileiro e os advogados se digitalizassem, demorou um pouco.

Os instrumentos tecnológicos já existiam. Afinal, grande parte do trabalho dos advogados é o de redigir documentos e petições. E, essa tarefa, pode ser feita com tranquilidade utilizando computador e internet, de qualquer lugar do Brasil ou do mundo.

Por outro lado, é verdade que, nem sempre, o atendimento ao cliente pode ser online, nem todas as audiências (como a de instrução e de oitiva de testemunhas) funcionam bem de forma digital e nem todos escritórios de advocacia podem ser 100% digitais.

Para nós, da Freelaw, o advogado online não é aquele que conhece todos os conceitos da advocacia 4.0 e do direito e da tecnologia, mas sim aquele profissional que busca as melhores formas para solucionar os seus problemas.

A lógica é simples: se existe uma forma mais barata e eficiente de entregar um serviço jurídico, por que você continuará a entregar da forma antiga?

Todos os escritórios que demoraram para se digitalizar (ou que ainda estão no processo) assumem custos maiores na entrega dos seus serviços. E isso prejudica a experiência dos seus clientes – o que vai contra o modelo de advocacia que defendemos por aqui.

No episódio #28 do podcast Lawyer to Lawyer, o advogado Bernardo de Azevedo e Souza conta um pouco mais sobre a advocacia 4.0. Este pode ser um bom conteúdo complementar a este artigo:

Lawtechs e legaltechs para o advogado online

Se você ainda não se digitalizou, possivelmente você não conhece as lawtechs e legaltechs (esta é outra indicação de conteúdo para você estudar depois desse texto). Em um resumo rápido, são empresas de tecnologia que ajudam os operadores do direito a solucionarem os seus problemas.

Certamente, essas ferramentas tecnológicas podem ser grandes aliadas de um advogado online. Entretanto, compreenda que a tecnologia é um meio para atingir um fim. Por isso, dificilmente você terá bons resultados se contratar uma ferramenta sem um foco bem definido.

Quando tratamos da advocacia online, as principais ferramentas que podem te ajudar a ser mais eficiente, são as que auxiliam na gestão e delegação de tarefas para a sua equipe jurídica remota, afinal, trabalhar online é um desafio que poucos advogados estavam acostumados.

Advogado home office: trabalhando de dentro de casa

A partir da pandemia do novo coronavírus, as empresas tiveram que adaptar o trabalho às casas de cada colaborador, dado que o recomendado para o momento é manter o distanciamento social como medida de segurança sanitária. Até o mercado jurídico, cercado de tradicionalismos, por isso mais resistentes a mudanças, teve que fazer essa transição. E trabalhar de maneira remota, de dentro de casa, já é uma tendência mundial.

Dessa maneira, com o aumento das oportunidades para advogado online, trabalhando em home office, e com a redução do custo do trabalho remoto (seja em casa ou em um espaço de coworking), para muitos profissionais, investir na construção de escritórios físicos não faz mais sentido. Contudo, isso não significa que os escritórios tradicionais deixaram de funcionar. Eles atuam muito bem, mas precisam pensar em romper as fronteiras físicas para alcançarem novos clientes, novas oportunidades. Então, essas duas formas de trabalho podem ser complementares.

Os advogados Pablo Mourente e Rogério David já utilizam o modelo home office/remoto há mais de 10 anos, confira a entrevista:

Gestão de escritórios de advocacia

Você enxerga o seu escritório como uma empresa? Empresas precisam de gestão.

Gerir um escritório de advocacia não é uma tarefa fácil e, muitas vezes, é um fator que vai demandar um bom tempo. E é por isso que muitos profissionais do direito deixam de lado essa parte, focando apenas nas atividades jurídicas. Se você é uma pessoa que age dessa maneira, é melhor mudar de comportamento. Não conhecer as habilidades de gestão e de boas práticas dos escritórios de advocacia trará muitas dificuldades relacionadas a um posicionamento positivo no meio jurídico.

Uma boa gestão é aquela que proporciona um crescimento sustentável ao escritório jurídico, sempre mantendo o foco em três pilares: equipe, cultura e processos. Dentro disso, alguns pontos, como a definição das especialidades do escritório e a aplicação de uma gestão ágil, são cruciais para que o trabalho não seja um peso para ninguém e seja executado com a maior qualidade possível.

A aula online abaixo pode te ajudar a entender ainda mais sobre a gestão de escritórios de advocacia:

Quais são as possibilidades de trabalho com a advocacia online por demanda?

Sabemos que não são todos os escritórios que demandam ou que podem realizar contratações fixas para suprir as pendências. Usualmente, quando essa necessidade surge, alguns profissionais têm dificuldade em lidar com contratações temporárias por meio da internet, mas existem empresas que servem de ponte entre você e os advogados que serão contratados temporariamente, a princípio, revelando possibilidades que podem amenizar as suas preocupações. Essa é a função da Freelaw.

Freelancer jurídico

Muitos escritórios têm adotado abordagem de contratar um advogado online freelancer, acreditando que essa é uma oportunidade para melhorar a eficiência e reduzir custos. Essa forma de contratação permite que a empresa abra o escopo dos serviços prestados a um custo menor, mantendo a boa qualidade. Ela é interessante porque assim você não precisará recusar casos nos quais a sua especialidade não é suficiente para a resolução; e também poderá “desafogar” a sobrecarga de trabalho.

Advogados correspondentes

O correspondente jurídico é outra forma de conter gastos quando a demanda parte de tarefas pontuais e menos complexas de serem executadas. Essa pontualidade traça a diferença entre um correspondente e um freelancer, porque os advogados freelancers geralmente prestam serviços que duram um período maior de tempo.

Parcerias entre advogados

Uma parceria jurídica pode ocorrer de várias maneiras, mas geralmente envolve a cooperação entre advogados e/ou escritórios de advocacia. Não se trata de delegar um ou outro trabalho a terceiros, mas de compartilhar esforços, serviços e os honorários. Portanto, ajudam a atrair clientes, permitem que escritórios e advogados ampliem seu escopo de negócios, aumentam a eficiência e reduzem as horas de atendimento, tudo isso sem que os custos fixos dos profissionais aumentem.

Petições online

As petições online são formas de te ajudar a cumprir prazos com mais eficiência. Escrever uma petição do zero, dependendo do caso acompanhado, não é uma tarefa simples! Na internet, é possível encontrar modelos prontos. Contudo, esses modelos genéricos oferecem riscos que podem colocar a o seu profissionalismo em dúvida quando usadas de maneira incorreta. Desse modo, a falta de tempo, de conhecimento e a demanda por petições personalizadas para cada cliente em casos muito específicos fazem com que escritórios recusem serviços.

Caso você seja um advogado online, ou seja, que trabalhe na internet, a elaboração de petições pode ser um campo para a sua atuação. E, se você quer contratar sob demanda, a Freelaw pode te auxiliar a encontrar um advogado online para a realização desses serviços. A advogada Júlia Resende explica como é o procedimento no vídeo abaixo:

Marketing jurídico

O advogado online pode investir em marketing? Não só pode, deve!

Mas a OAB permite? Preste bastante atenção, que vamos esclarecer essas dúvidas.

Limites da publicidade estabelecidas pelas OAB para atividades jurídicas

As disposições do Código de Ética proíbem apenas certas formas de marketing e publicidade consideradas mais tradicionais, previstas nos artigos 28 a 34. Nesse sentido, por exemplo, é proibida a publicidade em outdoors, programas de rádio e televisão para autopromoção profissional.

Contudo, o marketing jurídico é uma maneira de captação de clientes que utiliza outros artifícios.

Quais são os principais pontos do marketing para um advogado online?

Marketing jurídico é o nome de uma estratégia adotada para atrair clientes e fortalecer a marca de advogados e escritórios de advocacia. Por meio dele, você pode definir quem são seus clientes ideais e como ajudá-los a resolver problemas. Ao definir uma estratégia de marketing jurídico claramente definida, você aumentará muito sua base de clientes, proporcionará retornos valiosos ao seu escritório e dará pleno andamento à sua carreira.

10 dicas importantes de marketing feito por advogados por meio da internet:

  1. Fixe metas de crescimento;
  2. Delimite a sua área de atuação;
  3. Defina um público-alvo;
  4. Saiba em quais plataformas esse público é encontrado e estude cada uma delas;
  5. Produza conteúdo de interesse do seu público para que ele venha até você;
  6. Tenha um site bonito, objetivo e completo para seus clientes acessarem;
  7. No site, crie um blog para postar textos estratégicos que podem ser encontrados nas pesquisas do Google;
  8. Distribua esse conteúdo nas redes sociais;
  9. Use e-mail para manter um bom relacionamento com o cliente e para enviar conteúdos exclusivos para ele;
  10. Não terceirize a sua estratégia.

Caso você queira entender com profundidade esses pontos, no artigo “Marketing jurídico: como atrair clientes por meio da internet” está o conteúdo mais completo para advogados que você pode encontrar.

Exemplo de conteúdos de advogado para advogado

Você já consumiu algum um podcast jurídico? Em alguns momentos do seu dia a dia você pode aproveitar para ouvi-los, por exemplo, no trânsito, quando você está indo ou voltando do escritório e deseja aprender sobre as últimas leis e regulamentos ao enfrentar engarrafamentos. Pensando nisso, separamos uma lista com 14 podcasts jurídicos de excelência para você desfrutar. Alguns deles, vamos citar abaixo:

Lawyer to Lawyer

O Lawyer to Lawyer é o carro chefe da Freelaw! Nele, o CEO e cofundador da Freelaw Gabriel Magalhães entrevista convidados todas as quartas-feiras para discutir algumas tendências do mercado jurídico, questões relacionadas à gestão, tecnologia e inovação. Confira um episódio:

Método Freelaw e Método Freelaw: Melhores Momentos

A Freelaw tem dois outros podcasts: o Método Freelaw e o Método Freelaw: Melhores Momentos. O primeiro é publicado uma vez por semana e seu conteúdo envolve: marketing jurídico digital, vendas no setor jurídico, redes sociais e captação de clientes pela Internet. Ouça:

O Método Freelaw: Melhores Momentos tem publicações todos os dias. Essas publicações trazem o mesmo conteúdo, mas em trechos menores e específicos:

Advogado online: 10 exemplos para você se inspirar

Separamos uma lista com entrevistas incríveis com dez advogados que trabalham remotamente para serem exemplos e inspirações para você. As entrevistas podem ser acessadas clicando sobre o nome de cada um dos profissionais a seguir:

  1. Pedro Custódio: o advogado online que mora em um sítio e tem um blog;
  2. Marcílio Drummond: o head de inovação na advocacia;
  3. Geraldo Pompa: marketing jurídico no Instagram;
  4. Júlia Soares Amaral: gestão ágil e produtos digitais para advogados;
  5. Stephanie de Lucca Ozores: como e porque inovar em escritórios de advocacia consolidados;
  6. Bernardo de Azevedo e Souza: desafios da advocacia na revolução 4.0;
  7. Christiano Xavier: direito 4.0, dados, arte, criatividade e legal design;
  8. Matheus Nasser: o que os departamentos jurídicos esperam dos escritórios de advocacia?
  9. João Guerra: o que escritórios de advocacia podem aprender com empresas de outros segmentos?
  10. Alexandre Atheniense: passado, presente e futuro do direito digital.

A Freelaw e o advogado online

A Freelaw é a forma mais segura para escritórios de advocacia contratarem advogados sob demanda. O trabalho é focado na contratação de diversos serviços jurídicos como petições e elaboração de contratos. A nossa proposta é baseada em uma flexibilidade para equipes e para áreas de atuação do escritório, mediante contexto e necessidade, dispensando um aumento de custos fixos e de estrutura física e de pessoal.

Principais pontos positivos para quem contrata por meio da Freelaw

  • Redução dos efeitos negativos da sobrecarga de trabalho de um escritório;
  • Flexibilidade de aumentar e reduzir a equipe e as áreas de atuação do escritório, mediante necessidade;
  • Aumentar o diferencial competitivo do escritório, reduzindo custos sem perda de performance;
  • Aumento da agilidade na execução de serviços jurídicos;
  • Com a Freelaw, os sócios do escritório podem atuar de forma cada vez mais estratégica e voltada para melhorias, preocupando-se menos com problemas jurídicos relacionados à: saturação de serviços, desorganização e falta de advogados especializados.

Por que prestar serviços como advogado online por meio da Freelaw?

  • Poder trabalhar para qualquer escritório de advocacia, de qualquer lugar do Brasil, independente de seu local físico de origem;
  • Complementar renda com um trabalho sem maiores vínculos;
  • Trabalhar de forma livre e aceitar ou rejeitar um serviço sem consequências negativas, com uma flexibilidade muito maior, alavancando seus ganhos.

Quer saber mais? Explicamos tudo detalhadamente neste vídeo:

Se você chegou até o final deste conteúdo, parabéns! Temos a convicção de que você vai se destacar no mercado jurídico, cada vez mais denso e competitivo. E, como agradecimento a você, advogado ou advogada, preparamos um mapa de Conteúdos Completo para te ajudar a estruturar a sua equipe jurídica online. Aproveite!